Adriano Gambarini
É geólogo de formação, com especialização em Espeleologia. É fotografo profissional desde 92 e autor de 14 livros fotográficos. Notabilizou-se por documentar pesquisas científicas de maneira sistemática, e administra um fotoarquivo pessoal com mais de 250 mil imagens.

Enraízo meus pés no mundo das árvores

Adriano Gambarini
sexta-feira, 21 setembro 2012 6:00

Hoje é Dia da Árvore. Sempre vi as árvores como os seres mais evoluídos. Talvez não no sentido literal e biológico, mas se são capazes de chegar a viver mais de 2 milênios, certamente ‘sabedoria’ tem correndo em sua seiva.

Os grandes iniciados escolheram ficar perto das árvores. Consta que Jesus meditava e ensinava sob oliveiras e que Buda encontrou a iluminação à sombra de uma árvore bodhi.

Minha total e absoluta redenção por estes seres tão antigos, frondosos e imponentes.

enraízo meus pés no mundo onde as folhas das árvores
se mexem sem a explicação de ser causada por uma
rajada de vento, onde não existe esperança
pois não existe do que fugir, não existe tormento.
onde não existe objetivo, vive-se pelo momento.
-quão lindos e eternos são estes momentos!-
cresço meu corpo para dar abrigo a seres alados
que procuram um descanso, para que liquens proliferem
e deem ao mundo uma variedade de cores.
multiplico meus braços para que folhas brotem,
para sustentar ninhos e nascimentos,
para abraçar o mundo e tirar dos homens suas dores;
para brotar flores, que se tornarão frutos
para alimentar animais, e acolher
olhares absortos e frugais.
torno-me agora uma árvore,
para viver em completa simbiose
com todos aqueles que acreditam
neste equilíbrio, nesta pureza,
nesta divina proeza. (Adriano Gambarini)
 
 
 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.