Análises

Orangotangos: caçados e exterminados desde a pré-história

Eles devem ser nossos primos, dos quais divergimos há milhões de anos. Mas apesar da semelhança, os aniquilamos sem a menor cerimônia.

Fabio Olmos ·
1 de outubro de 2012 · 9 anos atrás

Esse é Fio, um bebê orangotango-de-bornéu Pongo pygmaeus que conheci, junto com sua mãe, Feb, no Parque Nacional Sabangau, em Central Kalimantan (Indonésia).  Fio é um dos cerca de 50 mil remanescentes selvagens de sua espécie, que declinou pelo menos 50% nos últimos 50 anos. Orangotangos ocorriam na Ásia continental, Sumatra e Bornéu, mas humanos (já na pré-história) os caçaram até a extinção no continente e nas ilhas até que restassem populações apenas em habitats de difícil acesso.


Clique para ampliar

A linhagem evolutiva que deu origem aos orangotangos atuais se separou da nossa entre 15,7 a 19,3 milhões de anos atrás. Mas nossos primos compartilham conosco uma inteligência elevada e autoconsciência, certamente em nível comparável a crianças humanas. Isso deveria ser suficiente para os considerarmos seres sentientes, e não comida, e terem o equivalente aos “direitos  humanos” dados a gente menos merecedora.

Sabangau abriga uma das maiores populações de orangotangos. É uma fantástica área de floresta sobre turfa, um habitat muito particular cuja destruição para implantar plantações de palma tornou a Indonésia um dos maiores emissores de gases de efeito estufa. Paradoxalmente, alguns desses projetos receberam créditos de carbono através do mal concebido Clean Development Mechanism.

O Orangutan Tropical Peatland Project (Projeto do Orangotango das Turfas Tropicais) realiza pesquisas e trabalha em prol da conservação de Sabangau e seus habitantes, e aceita voluntários. Vale a pena visitar.


Autor deste blog, Fabio Olmos é biólogo e doutor em zoologia. Tem um pendor pela ornitologia e gosto pela relação entre ecologia, economia e antropologia. Seu último livro, sobre ecossistemas brasileiros e conservação, é Espécies e Ecossistemas.
 
 
  • Fabio Olmos

    Biólogo, doutor em zoologia, observador de aves e viajante com gosto pela relação entre ecologia, história, economia e antropologia.

Leia também

Notícias
26 de novembro de 2021

Informação obtida via LAI revela que MCTI recebeu dados do desmatamento em 1º de novembro

Ministro Marcos Pontes disse que dados não foram publicados antes da Conferência do Clima porque ele estava de férias. Agenda oficial registra férias entre 8 e 19 de novembro

Notícias
26 de novembro de 2021

Jornalismo digital brasileiro se une em campanha de financiamento

Ação reúne 26 organizações com objetivo de arrecadar doações para fortalecimento do jornalismo digital de qualidade

Reportagens
26 de novembro de 2021

MPF pede anulação da Licença de Instalação do Linhão Tucuruí na terra Waimiri Atroari

Ação aponta que União e a Transnorte agem ilegalmente no licenciamento da obra. Autossuficientes em energia elétrica, os Waimiri Atroari são contra o empreendimento e sentem “a floresta sangrar”

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta