Notícias

Quanto mais caramujo, mais gavião-caramujeiro

O homenageado da semana é o Gavião-caramujeiro, que ganhou este nome por se alimentar quase exclusivamente de caramujos. Foto: Dario Sanches

Redação ((o))eco ·
24 de agosto de 2012 · 9 anos atrás
O homenageado da semana em ((o))eco é o Gavião-caramujeiro (Rostrhamus sociabilis), tabém conhecido como gavião-de-aruá. Ele ganhou este nome por se alimentar quase exclusivamente de aruás, um tipo de caramujo aquático. Com vôos rasantes, agarra os caramujos com os pés e utiliza seu bico curvo para fisgar a parte comestível da presa, dentro da concha.

O caramujeiro tem aproximadamente 40 cm e seu habitat são brejos, lagoas e pastos alagados, que vão desde o sul dos EUA, passando pelo México, o Brasil e chegando até a Argentina.

Em El Salvador, a população do Gavião-caramujeiro está crescendo, apesar dele só ter sido avistado pela primeira vez no país em 1996. A razão é a introdução local do caramujo Pomacea flagellata, entre 1982 e 1986, como alimento para peixes. O efeito colateral da proliferação dos novos caramujos foi vitaminar a população do caramujeiro. Foto: Dario Sanches

 

 
 

Leia também

Notícias
26 de novembro de 2021

Informação obtida via LAI revela que MCTI recebeu dados do desmatamento em 1º de novembro

Ministro Marcos Pontes disse que dados não foram publicados antes da Conferência do Clima porque ele estava de férias. Agenda oficial registra férias entre 8 e 19 de novembro

Notícias
26 de novembro de 2021

Jornalismo digital brasileiro se une em campanha de financiamento

Ação reúne 26 organizações com objetivo de arrecadar doações para fortalecimento do jornalismo digital de qualidade

Reportagens
26 de novembro de 2021

MPF pede anulação da Licença de Instalação do Linhão Tucuruí na terra Waimiri Atroari

Ação aponta que União e a Transnorte agem ilegalmente no licenciamento da obra. Autossuficientes em energia elétrica, os Waimiri Atroari são contra o empreendimento e sentem “a floresta sangrar”

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta