Reportagens

Carne Legal

Ministério Público Federal lança hoje campanha sobre consumo consciente de produtos bovinos. Cidadãos têm direito de saber origem da carne que compram no supermercado.

Redação ((o))eco ·
1 de junho de 2010 · 12 anos atrás


O Ministério Público Federal lançou hoje (1/06) uma campanha pelo consumo consciente de produtos bovinos. A campanha, que será veiculada em rádio, TV e internet para todo o Brasil, é um alerta sobre as ilegalidades presentes na cadeia da pecuária. Além disso, o objetivo do MPF é fazer com que os consumidores cobrem informações a respeito da origem da carne que compram nos supermercados.

A campanha para o público começa exatamente um ano depois do início do trabalho contra a ilegalidade na cadeia pecuária, quando o MPF cobrou que frigoríficos de vários estados deixassem de comercializar carne oriunda de propriedades envolvidas com desmatamento ilegal. Além do envolvimento com o desmate, os termos de ajustamento de conduta firmados entre Ministério Público e frigoríficos  determinavam que os estabelecimentos também não recebessem gado de fazendas que exploram mão-de-obra em condições análogas à escravidão, que estivessem situadas em unidades de conservação, terras indígenas ou quilombolas, ou que tivessem áreas embargadas pela secretaria estadual de meio ambiente ou Ibama. Mato Grosso e Pará estão são os principais estados envolvidos com a “moratória da carne”.

Segundo o MPF, a campanha foi criada para que os trabalhos não se restringissem a ações jurídicas, mas também chegassem ao consumidor, como forma de conscientizá-los. “O consumidor é peça chave nisso. Não adianta o MPF ficar brigando por anos se ele não for envolvido. O consumidor também pode ser fiscal”, disse o Ministério, por meio de sua assessoria.

Além de peças gráficas, filmes e banners para a internet, a campanha conta com uma página no twitter e também estará disponível no Youtube. O trabalho tem o apoio do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) e da Repórter Brasil, organização que trabalha para a erradicação do trabalho escravo.  (Cristiane Prizibisczki)

Atalhos:

Página do MPF para a campanha Carne Legal
Página da campanha no Twitter

Leia mais sobre o assunto:
 

O Eco Amazônia – Uma dúvida no prato
Governo é aliado da destruição da Amazônia
Pegadas obscuras

Leia também

Notícias
28 de janeiro de 2022

‘Nós não negamos nem desprezamos as causas das mudanças de clima’, defende-se Xico Graziano

Em pedido de resposta, engenheiro agrônomo Xico Graziano, membro do núcleo de campanha de Sergio Moro, diz que candidatura é aliada na luta em defesa do futuro sustentável

Salada Verde
28 de janeiro de 2022

Filhote de onça se esconde em motor de caminhonete, veja vídeo

Onça cutucada com vara curta contraria dito popular e apenas foge. Filmagem tem sido compartilhada em grupos e nas redes sociais. Não se sabe a origem do vídeo

Notícias
28 de janeiro de 2022

Cientistas pedem que países europeus e China boicotem soja e carne brasileira

Em artigo, os pesquisadores denunciam a nova alta de desmatamento na Amazônia e pressionam os países a pararem de comprar soja e carne bovina brasileira

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Manoel diz:

    Ou seja… os desqualificados nem escondem que a questão é política. Querem ajudar a quebrar o Brasil de qualquer jeito. E o melhor de tudo é apelaram pra China, como se não fossem os maiores poluentes do mundo. Infelizes…