Notícias

Aumentando a casa do mico-leão dourado

ICMBio conduz audiência pública para acrescentar 4 mil hectares a Reserva Biológica União e criar corredor para o primata ameaçado

Gustavo Faleiros ·
19 de dezembro de 2010 · 11 anos atrás
Mico-leão-dourado necessita de um corredor de 25 mil hectares de Mata Atlântica para sobreviver . Foto: acervo Rebio União.

Criada em 1998, no estado do Rio de Janeiro, para proteger fragmentos preservados de Mata Atlântica e, principalmente, ajudar na conservação do mico-leão-dourado (Leonthopitecus rosalia), a Reserva Biológica União iniciou seu processo de ampliação. Atualmente com 2.548 ha, a unidade de conservação poderia atingir 7.212 ha, ou seja, um aumento de 183%, caso a proposta do Ministério do Meio Ambiente e  Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) seja aprovada.

No último dia 7 de dezembro uma consulta pública foi feita no município de Casimiro de Abreu, onde a maior parte da ampliação deve ocorrer. Ao todo, 31 propriedades com área que seriam parcialmente afetadas já foram identificadas, sendo que mais 95% estão cobertas com vegetação nativa. Veja na foto abaixo, vista da região prevista para a ampliação.

O aumento da REBIO União fortaleceria a estratégia de conservação do mico-leão-dourado, pois já se sabe, através de estudos, que é necessário atingir uma população de 2000 indivíduos vivendo em uma área de 25 mil hectares. Atualmente existem 1500 micos registrados. Um quadro bem melhor do que o de 20 anos atrás, quando apenas 200 existiam na natureza, fato que impulsionou um largo esforço de conservação com investimentos nacionais e internacionais, criação de unidades de conservação e organizações totalmente dedicadas à proteção do primata.

Mapa da proposta de ampliação da Rebio.
Área adquirida pela AMLD com o intuito de doá-la ao ICMBIO para conexão entre os fragmentos florestais por meio de corredor (REBIO União Atual e área de ampliação. Foto: José Henrique Cerqueira Barbosa..

 

Leia Também 

Deu mico

Nações africanas se unem para salvar chimpanzés

 

 

 

 

  • Gustavo Faleiros

    Editor da Rainforest Investigations Network (RIN). Co-fundador do InfoAmazonia e entusiasta do geojornalismo. Baterista dos Eventos Extremos

Leia também

Salada Verde
22 de junho de 2010

Nações africanas se unem para salvar chimpanzés

Plano de Ações conservacionistas no continente africano pretende proteger áreas de ocorrência e minar as maiores ameaças ambientais para garantir sobrevivência de  primata em risco de extinção 

Reportagens
8 de maio de 2007

Deu mico

Grupos de mico-leão-dourado foram avistados numa área do estado do Rio de Janeiro onde a espécie é considerada extinta. Especialistas ainda não descobriram de onde eles vieram.

Salada Verde
26 de julho de 2021

“A odisséia do budião”: filme destaca a relevância da preservação da espécie para o equilíbrio ecológico dos mares

Mais conhecido como ‘peixe-papagaio’, o budião fornece um importante serviço para o controle dos recifes, mas está em risco de extinção desde 2014

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta