Download PDF

A Floresta Nacional de Jamanxim, uma das unidades de conservação mais desmatadas de toda a Amazônia, também registrou focos de calor. De acordo com a Nota PREVFOGO nº 163 de 29/08/2008 está ocorrendo incêndio no interior da FLONA. Os focos detectados na UC estão sendo repassados via e-mail para a Flona. Os técnicos da Unidade estão num curso de fiscalização Com mais de 1.3 milhões de hectares criados para barrar o desmatamento no eixo da BR-163 (Cuiabá-Santarém), a área já perdeu 9.200 hectares desde 2006. Abertura de estradas clandestinas, retirada ilegal de madeira e, claro, o fogo são os responsáveis pela destruição. O alerta do Prevfogo foi recebido pela equipe de apenas duas gestores do Instituto Chico Mendes responsáveis pela floresta nacional, que pouco podem fazer com parcos recursos e imensas distâncias em relação à unidade de conservação. De acordo com a chefe da Floresta Nacional do Jamanxim, Jully Brizolla, o alerta de focos de calor foi repassado para a divisão de fiscalização do Ibama, a fim de que fiscais em atuação na região possam verificar a extensão dos danos. Lotada em Santarém, a cerca de 230 quilômetros da unidade, diz que demoraria dois dias de viagem para chegar até lá, se pudesse. Segundo ela, existe a intenção de transferir a gestão da área para a cidade de Novo Progresso, mas ainda nenhuma previsão concreta. (Boletim Ibama e A.Fanzeres)

Veja mapa interativo de Fogo nas UCs.