Salada Verde

Novo endereço para estaleiro OSX Biguaçu

Após meses de protestos por grupos ambientais, projeto do grupo EBX deverá ser construído no Complexo do Porto de Açu, em São João da Barra, cidade do norte fluminense.

Redação ((o))eco ·
18 de novembro de 2010 · 12 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

A OSX do Brasil, indústria do grupo EBX dedicada ao fornecimento de equipamentos e serviços para empresas de petróleo e gás, anunciou a mudança de endereço do seu estaleiro que tinha projeto em análise para ser construído em Biguaçu, Santa Catarina. O projeto foi objeto de diferentes protestos por grupos de ecologistas, sofria críticas por parte de funcionários do ICMBio e seu licenciamento era acompanhado por um inquérito civil público pelo procurador do Ministério Público Federal Eduardo Barragan.

O projeto do Estaleiro OSX deverá ser construído no Complexo do Porto de Açu, em São João da Barra, cidade do norte fluminense. A região do Porto disputa com o Porto de Suape, em Pernambuco, o título de maior polo nacional da indústria naval, de petróleo e gás. O estudo de impacto ambiental e seu relatório de impacto ambiental (EIA/Rima) estão sendo analisados Instituto Estadual do Ambiente (Inea) do Rio, anunciou a OSX, que aguarda a licença para instalação em abril de 2011.

Entre as vantagens anunciadas para o novo endereço do futuro estaleiro, a OSX descriminou cais de 2,4 km (70% maior do que o programado para Biguaçu) com capacidade de expansão para 3,5 km, maior calado e consequente incremento na capacidade produtiva e posição geográfica. O Porto de Açu está mais perto das bacias de petróleo de Santos, Campo e Espírito Santo.

O Porto de Açu também é alvo de investigação do Ministério Público Federal, no Rio. O procurador da República Eduardo Santos de Oliveira, por exemplo, recomendou à UTE Porto Açu Energia e ao Inea que somente depois da apresentação de um EIA preciso ocorra a construção da usina termelétrica de São João da Barra – parte do complexo portuário e industrial de Açu. O EIA referente à usina que tinha sido entregue foi considerado inconsistente e o Inea deve suspender a licença prévia expedida, ou ser processado em caso contrário. (Celso Calheiros)

Saiba mais
Estaleiro causa polêmica em Santa Catarina

Leia também

Notícias
6 de julho de 2022

Coalizão pelo Pampa publica carta aberta em defesa do bioma e alerta para ameaças

O documento lista dez diretrizes e ações para uso sustentável e conservação do Pampa e chama atenção para ameaças e destruição acelerada nos últimos anos

Notícias
6 de julho de 2022

Governador de Roraima sanciona lei que proíbe destruição de equipamentos do garimpo ilegal

Ministério Público afirma que lei é inconstitucional e pede que seja julgada no STF. Autor da proposta na Assembleia é defensor declarado do garimpo

Notícias
6 de julho de 2022

Governador do MT veta projeto que barrava construção de usinas no Rio Cuiabá

Considerado uma das principais veias de abastecimento do Pantanal, o curso d'água é alvo de um complexo de seis pequenas centrais hidrelétricas. Parlamentares organizam reversão do veto

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta