Notícias

Doe um bicicletário para uma escola e ajude os Bike Anjos

Colabore com o projeto de financiamento coletivo apresentado pelos Bike Anjos e indique para qual colégio você gostaria de doar um bicicletário

Redação ((o))eco ·
24 de outubro de 2011 · 10 anos atrás

BikeAnjo no Cartase.Me from Bike Anjo on Vimeo.

 

Você já deve ter ouvido falar sobre os Bike Anjos. Desde pelo menos novembro de 2010, jornais, revistas e redes de TV têm noticiado as atividades destes ciclistas que, de maneira voluntária, têm ajudado mais gente a pedalar nas cidades. Os Bike Anjos dão dicas de segurança, ajudam a traçar roteiros mais tranquilos, e acompanham os iniciantes de casa para o trabalho, e do trabalho para casa – tudo com o objetivo de multiplicar o número de bicicletas nas ruas (e de diminuir a poluição e o estresse). Neste clipping, dá para consultar algumas das principais reportagens sobre o grupo, com imagens e entrevistas dos participantes. É um dos projetos mais bacanas envolvendo bicicletas no Brasil.

Com o objetivo de ampliar o alcance dos Bike Anjos, envolver mais gente e dar conta da demanda crescente, agora o grupo organizou um projeto e apresentou pedido de financiamento coletivo no Catarse. É o mesmo sistema que viabilizou a criação do Cidades para Pessoas, da jornalista Natália Garcia. O mecanismo é simples e fácil de entender. Qualquer um pode ajudar. As doações vão de R$ 20 a R$ 5.000 e conferem direito a benefícios diversos. Se a meta de arrecadação for alcançada, quem doou R$ 20, ganha um adesivo. Quem doou R$ 40, ganha uma caneca ou uma placa de “compartilhe a rua”. Quem doou R$ 5.000, tem o direito de solicitar a instalação de um bicicletário na empresa ou em uma escola pública/entidade que escolher.

Clique aqui para conferir a página do projeto no Catarse.

Em outras palavras, na prática, dá para ajudar a garantir a continuidade do Bike Anjo e, ao mesmo tempo, doar um bicicletário para uma escola pública. Se você tem possibilidade de fazer uma doação de R$ 5.000, faça isso assim que possível. Se você conhece alguém que possa se interessar pela ideia, repasse essa mensagem com urgência.

É que faltam menos de cinco dias para o grupo atingir a meta traçada, que é de R$ 17.500,00, custo estimado para reformular o site e automatizar os pedidos de ajuda. Se o valor não for atingido, o projeto é cancelado. No começo desta semana, quando este texto foi escrito, 82 pessoas já haviam apoiado o projeto, somando R$ 5.667. Ajude, participe, envolva-se. Se três pessoas doarem bicicletários para escolas, dá para passar com folga o valor necessário. Se 400 doarem R$ 300, dá para chegar ao valor. É possível arrecadar a quantia até o fim da semana.

E, mesmo que não dê desta vez, vale ajudar a divulgar o projeto. Enquanto muitos só reclamam da poluição e do trânsito, alguns tentam mudar a cidade em que vivem com projetos, mobilização, ideias e sonhos.

Leia também

Notícias
17 de janeiro de 2022

Após por pessoas em risco, justiça proíbe “coach” de fazer atividades na natureza

A decisão judicial determina que Pablo Marçal, que protagonizou episódio de resgate no pico do Marins, não poderá fazer qualquer atividade na natureza sem autorização prévia

Notícias
17 de janeiro de 2022

Livro celebra cem anos da descrição da jararaca-ilhoa com alerta sobre conservação da serpente endêmica

Escrita em linguagem acessível para o público em geral, a publicação celebra os cem anos da descrição da jararaca-ilhoa, feita por por Afrânio do Amaral (1894-1982), à época diretor do Instituto Butantan

Notícias
17 de janeiro de 2022

Rondônia proíbe destruição de equipamentos durante fiscalização ambiental

Governador sanciona, com veto parcial, lei que proíbe que fiscais do estado inutilizem maquinário apreendido em ações de fiscalização ambiental

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta