Notícias

Primeiro semestre tem consumo de energia abaixo do esperado

Todas as categorias de consumidores apresentaram aumento de consumo de energia, mas a área industrial cresceu abaixo da expectativa.  

Flávia Moraes ·
10 de agosto de 2011 · 11 anos atrás

Flávia Moraes

Crédito: Claudio Schwarz
Crédito: Claudio Schwarz
A Empresa de Pesquisa Energética(EPE) acaba de lançar a última edição da Resenha Mensal do Mercado de Energia Elétrica, relativa ao mês de junho e ao primeiro semestre de 2011. No documento, observa-se que, apesar de todas as categorias de consumidores (industrial, comercial e residencial) terem apresentado aumento no consumo de energia, o total permaneceu abaixo do esperado para o período.

O consumo nacional de energia elétrica na rede totalizou 212.951 gigawatts-hora (GWh) no primeiro semestre de 2011, um crescimento de 3,6% sobre o mesmo período de 2010. Analisando por categoria, o consumo industrial aumentou 3% no semestre, abaixo das expectativas, enquanto a demanda residencial no país superou 56 mil GWh (aumento de 4,1% em relação a 2010). O setor de comércio e de serviços é que obteve destaque, registrando um consumo de 36.981 GWh, o que representa aumento de 5,7% em relação ao ano anterior.

O crescimento do consumo industrial desses primeiros seis meses ficou aquém das previsões feitas pela EPE no final do ano passado. Isso indica, segundo o documento, que em 2011 a atividade econômica também deve crescer menos do que o imaginado.

 

Clique para ampliar. Fonte: EPE
Clique para ampliar. Fonte: EPE
Conforme é possível observar no gráfico 2 da Resenha (acima), as taxas de crescimento do consumo de energia das indústrias vêm caindo todos os meses, a partir de janeiro de 2011. Assim, a nova previsão da EPE para o consumo total de energia na rede elétrica esse ano é de 430 TWh, ou seja, cerca de 11 TWh, ou 2,5%, inferior à previsão anterior. Nessas condições, a perspectiva de crescimento do consumo passou de 5,4% para 3,6%.

Veja a série de Resenhas Mensais sobre o consumo de eletricidade do país aqui.

{iarelatednews articleid=”25201,25211″}


  • Flávia Moraes

    Jornalista, geógrafa e pesquisadora especializada em climatologia.

Leia também

Notícias
20 de maio de 2022

Alto custo é principal barreira para visitação de parques

De acordo com estudo, alto custo da viagem, distância e falta de informações disponíveis são os principais obstáculos para visitação de parques naturais

Notícias
20 de maio de 2022

Presidenciáveis recebem plano para reverter boiadas ambientais de Bolsonaro

Estratégia ‘Brasil 2045’ propõe medidas para reconstruir política ambiental brasileira e fazer país retomar posição de liderança global em meio ambiente

Análises
20 de maio de 2022

O dilema de Koniam-Bebê

Ocupação indígena no Parque Estadual Cunhambebe realimenta falsa dicotomia entre unidades de conservação e territórios indígenas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Cássio Garcez diz:

    Brilhante análise, Beto. Parabéns e obrigado por ela.