Notícias

Empresários contra aquecimento global

Empresários reunidos hoje (25) em São Paulo entregaram aos ministros Carlos Minc (Meio Ambiente) e Sérgio Rezende (Ciência e Tecnologia) uma Carta aberta sobre Mudanças Climáticas com propostas sistematizadas do setor produtivo ao governo. Entre as exigências contidas no documento estão: que o Brasil assuma uma posição de liderança nas negociações da Conferência Mundial do Clima, em dezembro, defenda a simplificação dos Mecanismos de Desenvolvimento Limpo – investimentos de países desenvolvidos em tecnologias limpas em países em desenvolvimento para geração de créditos de carbono -, apóie a criação de mecanismos de incentivo ao pagamento pela manutenção da floresta em pé, publique estimativas anuais de emissões nos vários setores e, a cada três anos, faça um inventário de emissões de gases de efeito estufa.  Esta é a primeira vez que empresários se unem à sociedade civil organizada para realização de um movimento conjunto. Não é para menos, o setor será um dos grandes impactados com a adoção de metas de reduções na emissão de gases de efeito estufa. Mas além de exigências, os empresários também assumiram compromissos que serão importantes, se realmente implementados, como a publicação anual de seus inventários de emissões e relatório de ações de mitigação, atuação junto à cadeia produtiva para que todos os envolvidos também se comprometam à reduzir, e inclusão de ações de baixo impacto como prioritárias nas propostas de investimento das empresas. Entre as empresas que assinaram a Carta apresentada hoje estão a Aracruz, Andrade Gutierrez, Camargo Correa, CPFL, Grupo Pão de Açúcar, Odebrecht, Suzano, Nutrimental, Vale e Votorantim,  

Redação ((o))eco ·
25 de agosto de 2009 · 12 anos atrás

Leia também

Notícias
17 de janeiro de 2022

Após por pessoas em risco, justiça proíbe “coach” de fazer atividades na natureza

A decisão judicial determina que Pablo Marçal, que protagonizou episódio de resgate no pico do Marins, não poderá fazer qualquer atividade na natureza sem autorização prévia

Notícias
17 de janeiro de 2022

Livro celebra cem anos da descrição da jararaca-ilhoa com alerta sobre conservação da serpente endêmica

Escrita em linguagem acessível para o público em geral, a publicação celebra os cem anos da descrição da jararaca-ilhoa, feita por por Afrânio do Amaral (1894-1982), à época diretor do Instituto Butantan

Notícias
17 de janeiro de 2022

Rondônia proíbe destruição de equipamentos durante fiscalização ambiental

Governador sanciona, com veto parcial, lei que proíbe que fiscais do estado inutilizem maquinário apreendido em ações de fiscalização ambiental

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta