Salada Verde

Banco de dados da biodiversidade de SP

Depois de oito meses de espera, finalmente saiu do forno o livro Diretrizes para Conservação e Restauração da Biodiversidade no Estado de São Paulo. Resultado do Projeto Biota-Fapesp, que identificou áreas prioritárias para criação ou ampliação de unidades de conservação, entre outros itens, a obra reúne o trabalho de 160 pesquisadores que, durante dois anos, se debruçaram sobre a biodiversidade paulista. Prevista para ser lançada em abril, a obra lembra que São Paulo é o estado com maior número de espécies ameaçadas no Basil – 214 ou 11% do total – e define a Mata Atlântica como uma das áreas prioritárias para conservação. O livro começa a ser vendido a partir da próxima terça-feira, no Instituto de Botânica de São Paulo. O preço estimado é de 65 reais.

Salada Verde ·
27 de novembro de 2008 · 13 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Leia também

Análises
20 de setembro de 2021

Uma aventura na Rota dos Pioneiros, a maior trilha aquática do Brasil

Percorrida de caiaque pelas águas do rio Paraná, na divisa entre Mato Grosso do Sul e Paraná, a Rota dos Pioneiros é uma oportunidade de remar no curso deste gigante e conhecê-lo de forma privilegiada

Notícias
20 de setembro de 2021

Desmatamento na Amazônia até agosto é 48% maior que mesmo período em 2020

Acumulado do ano chegou a 7.715 km², a maior cifra da década. Somente em agosto foram desmatados 1.606 km², área equivalente a cinco vezes Belo Horizonte

Reportagens
20 de setembro de 2021

Vegetação nativa exerce efeito protetor contra poluentes em remanescentes florestais

Estudo indica que a proporção de cobertura florestal em áreas do Corredor Ecológico Cantareira-Mantiqueira influencia as concentrações de metais tóxicos acumulados em abelhas jataí encontradas na área de proteção ambiental

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta