Vídeos

Relator do CF admite pressa para servir à votação

Em debate, Paulo Piau admite que entrega do relatório final do Código Florestal foi apressada para permitir votação nessa terça, 06/03/12.

Redação ((o))eco ·
5 de março de 2012 · 12 anos atrás

Veja acima o vídeo mostrando parte do debate entre José Eli da Veiga, professor de economia da USP, e o deputado Paulo Piau, relator do texto do Código Florestal que poderá ter sua votação decisiva nessa terça-feira, 06 de março, na Câmara.

No debate, Piau admite que seu relatório esteja sendo entregue com pressa porque o governo quer votar amanhã, 06/3. Também admite que essa ligeireza é motivada pelo desejo do governo de resolver logo a questão para que ela não seja debatida na conferência Rio+20.

Piau fica constrangido com o questionamento do professor José Eli e é vaiado pela plateia, ao que responde que não cabe a ela questionar procedimentos do Congresso, pois este representa o povo. Eli devolve, perguntando se os deputados é que estariam se afastando do desejo dos eleitores.

O debate ocorreu há uma semana, no dia 28/02, durante o seminário “O Código Florestal e a Ciência: o que os legisladores ainda precisam saber”, promovido pelo Comitê Brasil em Defesa das Florestas junto com a Frente Parlamentar Ambientalista. O vídeo foi originalmente postado no canal You Tube do site Floresta faz a diferença.

 

Leia também

Notícias
24 de julho de 2024

Portão do Inferno, um risco para o país

Governo de MT sinaliza que aguardará fim do Festival de Inverno para iniciar desmonte de parte do paredão do Parque da Chapada dos Guimarães. ICMBio diz que obra pode inviabilizar funcionamento da UC

Salada Verde
24 de julho de 2024

A gangorra climática das árvores da Mata Atlântica

Pesquisa inédita aponta que as plantas estão subindo ou descendo montanhas em busca de temperaturas mais amenas

Notícias
24 de julho de 2024

Empresas ainda veem com ceticismo a “Lei Rouanet da Reciclagem”, recém regulamentada

Como obstáculos, instituições representativas do setor mencionam pouca transparência e dificuldade de acesso aos recursos anunciados, além de ausência de toda a cadeia produtiva

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.