Notícias

Público envia informações sobre chuvas

Leitores enviam fotos e relatos sobre as tragédias causadas pelas enchentes e deslizamentos. Ajude também a mapear os impactos.

Redação ((o))eco ·
11 de janeiro de 2011 · 13 anos atrás

((o))eco acaba de lançar uma iniciativa de mapeamento coletivo dos impactos causados nas cidades brasileiras pelas chuvas de 2011. Qualquer pessoa no Brasil pode enviar relatos com fotos e vídeos sobre enchentes, deslizamentos e soterramentos.

Para participar basta entrar no site Brasil-Chuvas 2011 e preencher o formulário, escolhendo no mapa o local do acontecimento. Outra maneira de participar é postar seu relato no twitter utilizando o marcador (hashtag) #chuvas2011. Relatos também podem ser enviados para o email editor@oeco.com.br

A iniciativa é um segundo mapa coletivo realizado por ((o))eco. Durante os meses de julho, agosto e setembro de 2010, apoiamos a campanha Chega de Queimadas com o lançamento do site http://chegadequeimadas.crowdmap.com/

Mapas coletivos são ferramentas cada vez mais utilizadas para lidar com crises humanitárias e ambientais. Eles ajudam, com a participação do público através de mensagens pela internet e celular, a mapear eventos que muitas vezes não são reportados pela mídia. Além disso podem criar um retrato ampliado e de rápida avaliação de situações de emergência.

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR O SEU RELATO

 

Leia também

Notícias
25 de junho de 2024

Queimadas já atingiram mais de 600 mil hectares no Pantanal

Área queimada em 2024 é 143% maior do que o registrado em 2020, quando um terço do bioma foi devastado. Incêndios devem ultrapassar 2 milhões de hectares este ano

Salada Verde
25 de junho de 2024

Florestas de todos

Plataforma governamental reúne informações sobre um dos (ainda) maiores remanescentes planetários de vegetação nativa

Reportagens
25 de junho de 2024

Dinastia Amazônia – Parte II

China se alastra por infraestrutura brasileira e impõe seu modelo de “civilização ecológica” de crescimento

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.