Notícias

Degelo crescente no Mar Ártico

Imagens mostram a rápida perda de gelo no Mar Ártico. A extensão coberta nesta temporada é a terceira menor  já registrada.

Redação ((o))eco ·
9 de setembro de 2010 · 11 anos atrás

O NSIDC (Centro Nacional de Informações sobre Gelo e Neve), ligado à Universidade de Boulder (Colorado, EUA), reportou o final da influência do verão sobre o gelo do mar Ártico no último dia 7 de Setembro. A extensão do gelo na região é a terceira menor já registrada. Apenas 2007 e 2008 apresentaram cobertura menor.
 
A cobertura média de gelo para o meio de agosto foi a segunda menor nos registros de 2010 e, de acordo com estudos, o degelo segue aumentando em uma taxa de 8,9% por década.
 
Temperaturas anormalmente quentes, ventos persistentes e desintegração de gelo fino são fatores influentes na rápida perda de gelo em um período relativamente curto, principalmente nos mares de Chukchi e Beaufort. Já no começo de setembro esses mares já tiveram sua cobertura de gelo muito retraída da costa, muito mais do que o observado em períodos anteriores, como de 1979-2000. A retração do gelo força diversas espécies, como as morsas, a transportarem-se para o continente, na costa do Alaska.  (Laura Alves)

A linha laranja deste gráfico mostra a média entre 1979 e 200 da extensão do gelo no mar Ártico. A região branca é a cobertura registrada em 6 de setembro, período em que a influência do verão no hemisfério norte foi registrada.Detalhe para a grande área de degelo nos mares de Chukchi e Beaufort no canto esquerdo da imagem, no norte do Alaska. Fonte: NSIDC.
 

A imagem do satélite MODIS da NASA’s, de 25 de agosto de 2010, mostra a baixa concentração de gelo em mar aberto e no mar de Beaufort, região na qual eram observadas grandes extensões de gelo fino no ano passado.


Imagens de satélite dos dias 28 de julho e 10 de agosto mostram a quebra de um bloco de 15 km de comprimento do glaciar Petermann, no norte da Groelândia. Fonte: MODIS/NASA.

 

Leia também

Notícias
24 de setembro de 2021

Ameaçado pelo avanço da agricultura, Pampa é o bioma que mais perde vegetação nativa

Levantamento do Mapbiomas mostra que em 36 anos o segundo menor bioma do país perdeu 21,04% de sua cobertura vegetal. Maior parte da perda foi para a produção de soja

Notícias
24 de setembro de 2021

Servidores da Bahia entram com ação contra “Secretária-Diretora” do Meio Ambiente no estado

Associação de servidores ambientais denuncia inconstitucionalidade do acúmulo de cargos de chefia na área ambiental do estado exercido por Márcia Telles há mais de 4 meses

Notícias
23 de setembro de 2021

Sociedade civil repudia propostas antiambientais da Economia

Planos de Paulo Guedes e setor empresarial para o meio ambiente estão sendo analisados pelo Ibama, que tem até dia 30 de setembro para responder

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta