Fotografia

Chapada das Mesas: jóia do Cerrado no Maranhão

Uma região muito especial e que retribui com grandes recompensas quem se aventura pelas terras do Maranhão. Veja ensaio.

Palê Zuppani ·
25 de maio de 2011 · 13 anos atrás
Um cerrado único e grande potencial turístico são destaques do Parque Nacional da Chapada das Mesas no centro-sul do Maranhão, nos municípios de Carolina, Estreito e Riachão. A criação do parque é relativamente nova, 2005, e busca ampliar as áreas de preservação do bioma cerrado, já que esse sofre grande pressão das carvoarias e da expansão da fronteira agropecuária. Esse cerrado é rico em diversidade biológica, pois compartilha elementos da caatinga e da Amazônia. O parque abrange uma área de 160 mil hectares com um relevo muito característico de morros de arenitos (chapadas) em formas de mesas e inúmeras grotas, veredas, cavernas, riachos e rios volumosos que dão todo um toque especial. A diversidade de ambientes é muito grande. Destaca-se a cachoeira de São Romão no rio Farinha a maior do parque e o Morro do Chapéu.

Mas não é somente dentro da área do parque que ficam todos os atrativos da região, pois na área do entorno (área de amortização) ficam grandes destaques turísticos, como o Poço Azul e o Encanto Azul no município de Riachão; o Santuário da Pedra Caída (grande complexo turístico com inúmeras atrações e cachoeiras) e o Portal da Chapada (grande portal pelo qual se avista muitos dos destaques do Parque Nacional) no município de Carolina.

A região é muito especial e retribui com grandes recompensas para quem se aventura por essas terras do Maranhão.

 

 

Copie o código e cole em sua página pessoal:

” size=”60″>

 

Palê Zuppani
Fotógrafo e viajante de alma! ”…parece que tudo acontece ao mesmo tempo. Os momentos, os sentimentos, os aprendizados, as mudanças… a vida… de muitas formas e o tempo todo. E quando vejo, sinto, aprendo, mudo… vivo… surge a vontade de transmissão, e nesse mesmo tempo, meu olhar atravessa a lente e tiro uma foto. Cada foto tem sua história…”. Palê está no começo de sua vida como fotografo e contribui com para vários meios de comunicação, livros, exposições, projetos autorais e pesquisas ambientais. Parte do seu acervo está sob os cuidados da Pulsar Imagens, além do Banco de Imagens FotoNatural, do próprio autor com outros fotógrafos da mesma família (pai e irmão também são fotógrafos). Para conhecer mais sobre Palê, acesse http://pale.fotonatural.com.br.

Veja também por Palê Zuppani
Os braços do Parnaíba
A majestosa onça-pintada do Pantanal

Leia também

Análises
19 de julho de 2024

Transespinhaço: a trilha que está nascendo na única cordilheira do Brasil

Durante 50 dias e 740 quilômetros a pé, testei os caminhos da Transespinhaço em Minas Gerais, de olho nos desafios e oportunidades para esta jovem trilha de longo curso

Notícias
19 de julho de 2024

Indústria da carne age para distrair, atrasar e inviabilizar ação climática, diz relatório

Trabalho de organização europeia analisou 22 das maiores empresas de carne e laticínios em quatro continentes

Salada Verde
19 de julho de 2024

Amazônia é mais destruída pelo consumo nacional do que pelas exportações

Consumo e economias das grandes cidades do centro-sul são o principal acelerador do desmatamento da floresta equatorial

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.