Notícias

Cerrado pela metade

Estimativas apontam que Cerrado já perdeu 48,8% de sua vegetação original. Isso equivale à soma das áreas dos estados de Mato Grosso e Santa Catarina. Números oficiais saem em 11 de setembro.

Redação ((o))eco ·
1 de setembro de 2009 · 15 anos atrás

O governo realiza hoje nova reunião técnica para preparar a divulgação, em 11 de setembro (Dia do Cerrado), dos novos números sobre a devastação do bioma. As estimativas são de que 48,8% de sua vegetação original já foram para o beleléu, ou 994 mil quilômetros quadrados – algo como as áreas de Mato Grosso e de Santa Catarina somadas. O restante apresenta alto índice de fragmentação, principalmente na metade sul do bioma, mas há belas e boas porções dignas de conservação. Coisa para ontem. Os números oficiais anteriores apontavam que quatro em dez hectares do bioma tinham desaparecido. Cerrado e Caatinga ainda não foram reconhecidos pelo Congresso como patrimônios naturais do país, por pressão de ruralistas e desprezo governista pela área ambiental.

Leia também

Análises
19 de julho de 2024

Transespinhaço: a trilha que está nascendo na única cordilheira do Brasil

Durante 50 dias e 740 quilômetros a pé, testei os caminhos da Transespinhaço em Minas Gerais, de olho nos desafios e oportunidades para esta jovem trilha de longo curso

Notícias
19 de julho de 2024

Indústria da carne age para distrair, atrasar e inviabilizar ação climática, diz relatório

Trabalho de organização europeia analisou 22 das maiores empresas de carne e laticínios em quatro continentes

Salada Verde
19 de julho de 2024

Amazônia é mais destruída pelo consumo nacional do que pelas exportações

Consumo e economias das grandes cidades do centro-sul são o principal acelerador do desmatamento da floresta equatorial

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.