Salada Verde

Cortando impostos, inchando cidades

Sem criatividade para criar novos empregos, governo prorroga corte de impostos de veículos e promove até a venda de chuveiros elétricos, devoradores de energia.

Salada Verde ·
29 de março de 2009 · 15 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Alheio ao trânsito caótico da maioria das capitais brasileiras, alheio à poluição automotiva que acelera o aquecimento global e sem nenhuma criatividade para criar outros tipos de emprego fora da indústria automobilística, o governo federal prorrogou o corte no IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e reduziu outros impostos para manter “aquecida” a venda de carros, motos e caminhões.

Outra jogada de mestre foi diminuir impostos para venda de chuveiros elétricos, maior consumidor de energia residencial. Pura contrariedade. Nem parece o mesmo governo que, há poucos dias, pregou a economia energética projetando a instalação de aquecimento solar de água em casas de baixa renda.

Leia também

Reportagens
21 de maio de 2024

Crise climática e lacunas no conhecimento pioram risco de zoonoses

Enchentes no Rio Grande do Sul têm um aspecto epidemiológico importante, chamando atenção para o fato de sabermos muito pouco sobre os riscos reais de zoonoses no Brasil

Notícias
21 de maio de 2024

Países liberam rios para salvar peixes migradores

Declínio chega a 91% na América Latina, mas Brasil quer barrar ainda mais cursos d’água, sobretudo na Amazônia e no Cerrado

Notícias
21 de maio de 2024

Degradação florestal na Amazônia é a maior dos últimos 15 anos

Queimadas em Roraima foram responsáveis pelo número. Desmatamento, por sua vez, continua em queda no bioma, mostra SAD, do Imazon

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.