Fotografia

Ribeirinho na lagoa

O menino e seu barquinho sobem o Solimões. Foto: AC Junior.

19 de março de 2013 · 9 anos atrás
Em dezembro de 2010, o fotógrafo carioca AC Junior viajou até Coari/AM para registrar o paradoxo entre o crescimento econômico e a sustentabilidade do bioma amazônico, revelado pelo desenvolvimento de cidades ribeirinhas na última década. O resultado foi o ensaio “Registro nas margens do rio Solimões” que, como imagens como esta, mostra a degradação ambiental provocada pelo crescimento desordenado da cidade em contraposição à vida na floresta e a condição social dos moradores das margens do rio Solimões. Foto: AC Junior.

Leia também

Notícias
28 de janeiro de 2022

‘Nós não negamos nem desprezamos as causas das mudanças de clima’, defende-se Xico Graziano

Em pedido de resposta, engenheiro agrônomo Xico Graziano, membro do núcleo de campanha de Sergio Moro, diz que candidatura é aliada na luta em defesa do futuro sustentável

Salada Verde
28 de janeiro de 2022

Filhote de onça se esconde em motor de caminhonete, veja vídeo

Onça cutucada com vara curta contraria dito popular e apenas foge. Filmagem tem sido compartilhada em grupos e nas redes sociais. Não se sabe a origem do vídeo

Notícias
28 de janeiro de 2022

Cientistas pedem que países europeus e China boicotem soja e carne brasileira

Em artigo, os pesquisadores denunciam a nova alta de desmatamento na Amazônia e pressionam os países a pararem de comprar soja e carne bovina brasileira

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Manoel diz:

    Ou seja… os desqualificados nem escondem que a questão é política. Querem ajudar a quebrar o Brasil de qualquer jeito. E o melhor de tudo é apelaram pra China, como se não fossem os maiores poluentes do mundo. Infelizes…