Reportagens

Crimes internacionais de Belo Monte

Diretor do filme Avatar promete mobilização contra hidrelétrica. Movimentos sociais recorrem à ONU para responsabilizar governo caso usina saia.

Redação ((o))eco ·
1 de abril de 2010 · 12 anos atrás
James Cameron com lideranças indígenas no Pará. (Foto: Amazon Watch)
James Cameron com lideranças indígenas no Pará. (Foto: Amazon Watch)

Em visita à Amazônia, o cineasta canadense James Cameron disse que em seu retorno para os Estados Unidos vai liderar uma mobilização internacional contra a usina hidrelétrica de Belo Monte, utilizando inclusive seus filmes. Ele esteve na região de Altamira para conferir a dimensão do estrago com os próprios olhos e falar com os índios. A experiência o motivou a escrever uma carta a ser entregue ao presidente Lula sobre seu contato com as populações que serão atingidas. Cameron chegou a afirmar que os recursos que o governo brasileiro vai investir numa hidrelétrica “quase inútil” são três vezes mais do que Barack Obama pretende gastar para renovar as fontes de energia dos Estados Unidos. O diretor do filme Avatar prometeu voltar ao Brasil e acompanhar a licitação para construção da usina.

Também nesta semana Belo Monte atraiu atenção internacional depois que movimentos sociais entregaram um documento recheado de denúncias sobre as irregularidades do licenciamento da usina hidrelétrica à Organização das Nações Unidas. O manifesto foi assinado por mais de 100 entidades e pretende ser o estopim para que o Brasil seja responsabilizado internacionalmente pelos crimes ambientais e violações de direitos humanos caso a usina saia mesmo do papel.

Leia também

Notícias
28 de janeiro de 2022

‘Nós não negamos nem desprezamos as causas das mudanças de clima’, defende-se Xico Graziano

Em pedido de resposta, engenheiro agrônomo Xico Graziano, membro do núcleo de campanha de Sergio Moro, diz que candidatura é aliada na luta em defesa do futuro sustentável

Salada Verde
28 de janeiro de 2022

Filhote de onça se esconde em motor de caminhonete, veja vídeo

Onça cutucada com vara curta contraria dito popular e apenas foge. Filmagem tem sido compartilhada em grupos e nas redes sociais. Não se sabe a origem do vídeo

Notícias
28 de janeiro de 2022

Cientistas pedem que países europeus e China boicotem soja e carne brasileira

Em artigo, os pesquisadores denunciam a nova alta de desmatamento na Amazônia e pressionam os países a pararem de comprar soja e carne bovina brasileira

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Manoel diz:

    Ou seja… os desqualificados nem escondem que a questão é política. Querem ajudar a quebrar o Brasil de qualquer jeito. E o melhor de tudo é apelaram pra China, como se não fossem os maiores poluentes do mundo. Infelizes…