Vídeos

Sol em vez de diesel – o hospital sustentável no Senegal

Moradores de vilarejos no Senegal apostam na força solar para carregar as baterias das lanternas e celulares, tornando o petróleo dispensável.

Karl Harenbrock ·
17 de junho de 2012 · 9 anos atrás

 

No sul do Senegal, o abastecimento de energia geralmente é feito através de baterias e geradores movidos a gasolina ou diesel, que agridem o meio ambiente. Agora, no entanto, os moradores dos vilarejos locais apostam na força solar.

Empresas alemãs da indústria fotovoltaica ajudam na iniciativa. Já está em funcionamento o abastecimento elétrico com módulos solares em um hospital e para carregadores de baterias para lâmpadas e telefones celulares. O petróleo se tornou dispensável.

Um filme de Karl Harenbrock

Esse conteúdo é publicado em uma parceria de ((o))eco com a Deutsche Welle, emissora pública alemã
 


Leia também

Análises
29 de julho de 2021

Os incêndios criminosos na Amazônia devem ser contidos

O fogo passou a ser uma realidade para a Amazônia no Antropoceno e é fundamental rever as estratégias que vêm sendo adotadas para o combate aos incêndios, assim como as suas vinculações ao jogo de interesses predominante

Notícias
29 de julho de 2021

Leite repete Salles e desinforma sobre combate ao desmatamento

Em documento, novo ministro culpa Covid por cancelamento de quase metade das operações do Ibama, comemora ações que não saíram do papel e tenta desqualificar INPE

Notícias
29 de julho de 2021

Treze peixes-bois resgatados e reabilitados são devolvidos aos rios da Amazônia

Programada para ocorrer em 2020, a soltura teve atraso por causa da pandemia da Covid-19. É o maior número de devolvidos na natureza feito pelo Projeto Mamíferos Aquáticos da Amazônia

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta