Vídeos

Sol em vez de diesel – o hospital sustentável no Senegal

Moradores de vilarejos no Senegal apostam na força solar para carregar as baterias das lanternas e celulares, tornando o petróleo dispensável.

Karl Harenbrock ·
17 de junho de 2012 · 9 anos atrás

 

No sul do Senegal, o abastecimento de energia geralmente é feito através de baterias e geradores movidos a gasolina ou diesel, que agridem o meio ambiente. Agora, no entanto, os moradores dos vilarejos locais apostam na força solar.

Empresas alemãs da indústria fotovoltaica ajudam na iniciativa. Já está em funcionamento o abastecimento elétrico com módulos solares em um hospital e para carregadores de baterias para lâmpadas e telefones celulares. O petróleo se tornou dispensável.

Um filme de Karl Harenbrock

Esse conteúdo é publicado em uma parceria de ((o))eco com a Deutsche Welle, emissora pública alemã
 


Leia também

Notícias
23 de setembro de 2021

Sociedade civil repudia propostas antiambientais da Economia

Planos de Paulo Guedes e setor empresarial para o meio ambiente estão sendo analisados pelo Ibama, que tem até dia 30 de setembro para responder

Reportagens
23 de setembro de 2021

Ilegal, desmate autorizado pelo governo da Bahia é maior que a cidade do Recife

Área compõe latifúndio considerado um dos maiores casos de grilagem do país. Titulação do território tradicional das comunidades geraizeiras do Cerrado é fundamental para conter a devastação

Reportagens
22 de setembro de 2021

Mudança climática deve alterar o funcionamento de comunidades de microrganismos marinhos, aponta estudo

Grupo de pesquisadores de várias partes do mundo concluiu que o plâncton do planeta se organiza em consórcios microbianos, em que uma espécie depende da outra para viver

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta